Em Destaque

VENCER A CRISE: Conferência nacional do Bloco de Esquerda

Notícias

VENCER A CRISE: Conferência nacional do Bloco de Esquerda

Deputada do Bloco de Esquerda defende mais acesso dos trabalhadores à riqueza produzida.

Sandra Cunha esteve em directo no jornal O Setubalense esta manhã, numa conversa conduzida pelo jornalista Humberto Lameiras.

É com profundo pesar e consternação que a Comissão Coordenadora Concelhia BE de Setúbal recebeu a triste notícia que o aderente Fernando Adolfo Morais Faria de Castro, faleceu no dia 25 de março. A toda a família e amigos, enviamos as nossas sentidas condolências.

Responder à pandemia de COVID-19 é uma urgência que convoca todos os esforços, em primeiro lugar no reforço e na proteção dos recursos e dos profissionais do SNS. O Bloco de Esquerda tem estado na linha da frente dessa proposta, exigindo a mobilização do Estado na coordenação da resposta ao problema de saúde pública.

O vereador da Câmara de Lisboa, Manuel Grilo, apresentou esta sexta-feira, através de um vídeo enviado à comunicação social, o programa de emergência autárquico do Bloco que pode ser lido na íntegra aqui. “É essencial que em todo o país os autarcas usem todas as suas competências para garantirem que ninguém fica para trás”, disse.

Se é para bater palmas, façam-no pelo SNS. É por causa da sua existência que temos uma resposta montada, é nele que tratamos os mais graves e mais difíceis casos. Se dependesse das seguradoras de saúde ou da medicina privada, todos pagávamos do nosso bolso as centenas de milhares de euros que custa um internamento em cuidados intensivos, por pandemia. É isso que queremos para o nosso futuro colectivo? Se não, então está na hora de tornar o Serviço Nacional de Saúde uma prioridade nacional e investir nele a sério!

Assembleia Municipal

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO/2020

DECLARAÇÃO DE VOTO

As Grandes Opções do Plano e o Orçamento para 2020, são, em primeira instância, o instrumento privilegiado de execução das decisões políticas e financeiras do executivo camarário, com reflexo direto em importantes aspetos da vida dos seus munícipes.

Opinião

Todos sabemos que o SNS padece de um problema de saúde crónico. Chama-se desinvestimento e tem sido mantido governo após governo como parte de uma estratégia de desmantelamento do serviço nacional de saúde. Sem SNS capaz de responder às necessidades está estendido o tapete aos privados. Das gestões privadas dos hospitais públicos, às contratuatalizações para internamento de doentes, passando pelos cheques-cirurgia ou pelas centenas de milhões de euros em convenções para meios complementares de diagnóstico e terapêutica, os privados têm tido sempre a porta aberta ao lucro financiado por dinheiros públicos.

Resoluções Mesa Nacional